PONTE AGUA ESTAIADA

PARQUE DO IBIRAPUERA

A Ponte Estaiada é o novo cartão postal de São Paulo. Nada como um dia depois de outro. A ponte da Marta era “um absurdo”, “desnecessaria”. Serra-Kassab chegaram a suspender a obra durante um ano tendo que pagar multa depois. As infâmias e ataques, também rejeitados pela justiça e, neste caso, até pela própria administração municipal, eram moeda corrente. Hoje o Jornal da Tarde a erige no novo cartão postal da cidade.

Ela destrona outra obra de Marta, a fonte de Ibirapuera. Outrora acusada de poder infectar o público e de atrapalhar o trânsito, a fonte já foi utilizada como fundo para os programas da rede Globo.