LOVE THE FRIENDS THE ENEMIES AND MORE

👁🦋💃🏻Love the friends, the enemies even more!Love the friends, the enemies even more! The former accept us as we are, not the others!

As long as friends represent only continuation, enemies may represent renewal.

Staying as we are by time too kills in us innumerable possibilities of an improvement that is necessary and fundamental.

Not that we are obliged to give answers to all those who mistreat us, but in a conscious attitude of showing them the best of us sometimes proves to be a valuable find too.

We are always better than we think and can behave much better than we have behaved ourselves!

With each new look, from a possible friend or foe we are at the mercy of a very personal value judgment, but our counter-balance always represents one more step … Your added value will be if this step is positive and forward.

The directions of the steps, as well as decisions and thoughts, feelings are individual and nontransferable, but I think a retreat can be salutary unless it represents an escape or alienation.

Thus the clash between peers and people not so close is salutary and extremely important for the growth of each and every individual.

It is clear that we depend on having a certain degree of understanding and discernment, that we are freed from pride and vanity so that we may discern in whom our own vanity, pride, wickedness and envy are opposed to us. The other may be launching on us his own inability to live …

Only in this way will we be able to see in our enemies new opportunities for our individual and spiritual growth.

There are times that those we call enemies are full of reason to oppose us!

Love friends, enemies much more …

But all too much love, like all unmasked hate, that causes blindness is not good, nor promote good.💃🏻⭐️👁

Edvaldo Rosa

Ame os amigos, os inimigos ainda mais!

Ame os amigos, os inimigos ainda mais! Os primeiros nos aceitam como somos, os outros não!
Enquanto os amigos representarem apenas continuação, os inimigos podem representar renovação.

Permanecer como somos por tempo demasiado mata em nós possibilidades inumeras de um aprimoramento que é necessário e fundamental.

Não que sejamos obrigados a dar respostas a todos os que nos destratam, mas numa atitude conciênte de lhes mostrar o melhor de nós por vezes se mostra um achado valioso demais.

Somos sempre melhores do que pensamos e podemos nos comportar bem melhor do que temos nos comportado!

A cada novo olhar, dum possível amigo ou inimigo estamos a mercê de um juizo de valor muito pessoal, mas o nosso contrapor representa sempre um passo a mais… Sua mais valia será se este passo for positivo e para frente.

As direções dos passos, bem como decisões e pensamentos, sentimentos são individuais e intransferiveis, mas penso que um recuo pode ser salutar exceto se não representar uma fuga ou alheamento.

Assim o embate entre pares e entre pessoas não tão afins é salutar e de extrema importância para o crescimento de cada e todo individuo.

Fica claro que dependemos de ter um certo grau de entendimento e dicernimento, estarmos despreendidos de orgulhos e vaidades para podermos divisarmos em quem se contrapõem á nós a sua própria vaidade, seu orgulho, maldade e inveja. O outro pode estar lançando em nós a sua própria incapacidade de viver…

Somente assim poderemos ver nos inimigos oportunidades novas para o nosso crescimento individual e espiritual.

Tem horas que aqueles que chamamos de inimigos estão cheios de razão ao se oporem a nós!

Ame os amigos, os inimigos bem mais…

Só que todo amor demasiado, como todo ódio desmensurado, que cause cegueira não é bom, nem promoverá o bem.👁🦋💃🏻

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s